segunda-feira, 4 de abril de 2011

OS ORIXÁS E SUAS MITOLOGIAS

As diversas mitologias dos Orixás do panteão africano, além de lindas, são instrutivas de uma maneira muito fantástica. É uma pena que muitos adeptos da religião afro brasileira não possuam tal conhecimento das mitologias e seus arquétipos, ou conhecem mas de maneira errada, ou acabam cultuando de maneira inadequada e infelizmente acabam muitas vezes sem querer por falta de conhecimento adequado, mistificando as culturas e até mesmo a religião ao todo. Conhecer é o primeiro passo para quem quer se tornar adepto de qualquer uma das religiões afro-descendentes. Quando você conhece ou é cuidado por alguém que realmente entende do assunto, a sua vida ganha forças, você se fortalece e a sua fé aumenta cada vez mais. Procure conhecer cada Orixá, a sua origem, e suas maravilhosas mitologias, você vai se enriquecer de conhecimentos, e vai saber entender todos os fundamentos de sua religião. De acordo com as mitologias, somente os Búzios podem revelar o Orixá que te protege, o jogo de Ifá foi feito para que quando os humanos precisassem conversas com os Orixás, o jogo de Ifá servisse como intermediário. Os Babalorixás, pessoas preparadas ritualisticamente, dotadas de muitos anos na religião, que já passaram por diversos rituais de purificação, devoção e obrigações para com o Santo que carrega, são os encarregados de desvendar os mistérios dos Búzios, que além da intuição usada pelo Babalorixá, existe toda uma matemática que leva à conclusão de que o consulente é filho de um determinado Orixá, e o ebó que o consulente precisa fazer para melhorar algo em sua vida, como saúde, falta de dinheiro, amor, etc, também revelando as suas obrigações para com o Santo, o que realmente o jogo do destino está pedindo para você. Este mundo é um mundo muito amplo e agradável, quanto mais você estuda, mais se apaixona pela religião, mais encontra os verdadeiros sentidos para tudo. Deixo aqui meu saravá fraterno para todos os Babalorixás e todos os irmãos de fe de todas as diversas religiões espirituais.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário