segunda-feira, 10 de maio de 2010

Marcelo Rudanna di Shaday para jnextra
mostrar detalhes 19/02/07


ALTO ASTRAL
POR MARCELO DI SHADAY
ARTIGO
O CÓDIGO DA VINCI

Depois de muitos séculos seguindo todas as tradições da religião, um
historiador põe o mundo todo a pensar. Seu nome, Dan Brown, autor do
livro o código da Vinci , um livro para lá de interessante, que nos
faz cada dia mais pensar sobre as realidades e as mentiras da
religião. O livro relata a verdadeira história, segundo o escritor, de
Maria Madalena, seguidora de Cristo, o livro traz informações muito
interessantes, que nos deixa um pouco confusos, pois ser criado com um
princípio, amedrontado com as possibilidades de ir parar num inferno
de fogo, praticamente que escravizado pela religião, e de repente voce
se depara com historiadores que trazem histórias tão verídicas que nos
deixam a pensar, fica ,meio que complicado. A história relata que, o
Santo Graal, que a religião tanto pregou que seria o cálice de Cristo,
nada mais é do que Maria Madalena, que além de seguidora, era esposa
de Cristo. Devido ao preconceito nato de que as mulheres não deveriam
ser mais do que os homens, pois Maria Madalena era de família real, a
religião inventou á séculos atrás que Maria madalena era uma
prostituta, que depois se arrependeu e foi seguir a Cristo.Gente, só
lendo o livro mesmo para poder sentir e tirar as suas próprias
conclusões. O livro fala sobre os "iluminati", uma seita religiosa tão
perseguida e difamada como hoje tentaram fazer com os maçons. Pelo
grande desejo de manter as pessoas submissas ás regras de uma
religião, o vaticano teria inventado leis e as protegido para que
nenhum fiel viesse a obter as verdades sobre a vida de Jesus, sobre
Maria Madalena, tão difamada na Bíblia, quebrando assim a força da
mulher, pois seria demais para os olhos dos homens verem uma mulher
sendo considerada uma santa, a escolhida por Deus para pregar as boas
novas. Não estou afirmando nada, só estou comentando o conteúdo do
livro, que relata também a participação de muitos pintores famosos de
nossa história, como Leonardo da Vinci, que teria pintado diversos
quadros com dicas de que o Santo Graal, o cálice bento, seria nada
mais, nada menos do que a força feminina presente entre os discípulos
de Cristo. Polemico esse livro, né gente!!! Bom, na verdade, quando
resolvi citar esse livro em minha matéria de hoje, que além de muito
interessante enriquece a cultura do povo em si, pois informar-se é a
base de tudo, gostaria de salientar a necessidade de se desprender de
algumas leis religiosas tão estarrecedoras, que escravizam a muitos de
uma maneira ás vezes até um pouco cruel, como no caso dos padres, que
muitas vezes tem torturas físicas para manter a fé,castigam seu
próprio corpo. Hoje, milhões de fiéis vão ás diversas igrejas, e se
entregam de corpo e alma para a crença, mas se esquecem de ver o que
está por detrás de cada uma delas. Devo citar o exemplo da igreja
renascer? Acho que nem é necessário, pois o Brasil todo assistiu a
drástica comédia dos fundadores de tal igreja. Esse tem sido o papel
de muitos, enganar e escravizar as pessoas com crenças amedrontadoras,
de que se voce não for bom não irá para o céu, há um inferno de fogo
esperando os maus. Diante de tantas informações, só nos deixa a pensar
que realmente a Bíblia é um livro divino, mas adulterada pela ganância
e sede de poder do homem, que na vontade de governar ou de poder
tentar ao menos hipnotizar alguns com suas estarrecedoras leis, foram
deixando marcas no passado, que vem se refletindo no nosso século. Só
pela diversidade de Bíblias já dá para se notar que realmente cada um
pegou a sua versão e a levou para a sua igreja. Lembro-me de alguns
títulos, como a Bíblia na linguagem de hoje, A versão Almeida ,
Tradução do novo mundo, algumas somente com o novo testamento, enfim,
são diversas Bíblias, e muitas vezes os textos são diferenciados. Por
que não temos uma única Bíblia, aquela que fala uma única língua, e
que prega a verdade dos fatos? Seria isso uma prova de que ela foi
alterada? Teria a religião realmente entrado no meio da verdadeira
história de Jesus Cristo, de maneira a alterá-la? Teria sido realmente
Maria Madalena uma prostituta? Sobre esses e demais assuntos, estou
criando uma comunidade no orkut, para todos que desejam participar e
debater tais assuntos, a comunidade se chama os verdadeiros segredos
do código da vinci. Venha participar, e enriquecer seus conhecimentos,
trocar informações sobre as religiões em si, e seus ensinamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário