quarta-feira, 26 de maio de 2010

Marcelo Rudanna di Shaday para jcnorte
mostrar detalhes 31/03/08


ENCANTO CIGANO
POR MARCELO DI SHADAY

Oi, tudo bem com você? Que a luz sempre esteja iluminando seus
caminhos!!! Existem ocasiões em que parece que o mundo vai desabar em
sua cabeça? Você é do tipo que precisa estar falando de seus problemas
a todo o tempo com alguém? Será que não está mais do que na hora de
você mudar o rumo da conversa? É, às vezes precisamos mudar muitos de
nossos pensamentos e sentimentos, e para isso torna-se válido qualquer
atitude, principalmente se desvincular de tendências que causam
dependências emocionais. Você é do tipo viciado(a) em desabafar? Não
consegue fazer nada em sua vida, sem consultar alguém, sem precisar da
ajuda de alguém? Isso se chama dependência, e é um vício também. Essa
dependência mental sempre te deixa fraca(o), parece que você não é
capaz de resolver nada sozinho(a). Isso é um grave erro, e sempre
acontece, principalmente no ramo espiritual. Posso citar isso por
algumas experiências que já tive no decorrer de alguns anos em minhas
consultas. Houve um caso de um rapaz, que era dono de uma lanchonete,
e este estava passando por um momento muito difícil de sua vida, e não
acreditava nas suas capacidades pessoais. Tal rapaz tinha tanta fé em
meus trabalhos espirituais, que cada vez que eu chegava em seu
estabelecimento, de repente muitos clientes chegavam. Então, ele
achava que era por causa da minha presença que todos estavam lá. Ele
criou essa dependência, e queria que eu estivesse por perto sempre.
Depois de uma breve conversa sobre valores pessoais, consegui, mas com
muita dificuldade, mostrar à ele que ele tinha valores próprios, mas
estava tão dependente que precisava sempre de mim por perto para se
dar bem. Após umas sessões de energização pessoal, pude notar que a
sua auto-confiança começou a voltar. E, depois de um determinado
trabalho, consegui devolver à ele o que ele já possuía: a sua própria
auto-estima.
Todos nós temos capacidades incríveis, somos seres inteligentes,
dotados de sabedoria e guiados sempre pela boa esperança. Tudo o que
quisermos podemos ter, o problema é que alguns insistem em ser
crianças mimadas, que precisam sempre da ajuda de alguém, e acabam se
sentindo inferiores. Essa carência afetiva pode ser um grande mal que
traz problemas aos adultos, muitos a possuem e nem sabem lidar com
ela. Oriente-se, estude novas possibilidades, dê a volta por cima,
você não nasceu quadrado(a), e só uma pessoa pode ser responsável pela
sua felicidade, e essa pessoa é você! Seja feliz, sinta-se bem,
sempre! E saiba que você precisa apenas de uma ajuda: A da sua própria
ajuda. Muda esse quadro de vez!!! E eu te espero, sem dependências, na
próxima edição! Adoro vocês, e mesmo sem conhecer cada um
individualmente me sinto na necessidade de ensinar cada um a andar com
as próprias pernas. Vamos lá, então, levante-se, que eu quero ver você
dando a volta por cima!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário